conecte-se conosco

Justiça

TJAM nega pedido do Ministério público e Alejandro permanece em prisão domiciliar

Publicado

em

Alejandro Valeiko filho da primeira-dama do município Elisabeth Valeiko e enteado do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, é o principal acusado do assassinato do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos, de 42 anos, ocorrido em setembro de 2019.

A decisão foi proferida pelos desembargadores da Primeira Câmara Criminal do TJAM e argumenta, entre outras coisas, que desde março deste ano quando houve a decisão de liberdade provisória para Alejandro não ocorreu nenhum elemento indicando que a “liberdade do acusado prejudicou a garantia da ordem pública eou a aplicação da lei penal”.

Além disso, os desembargadores sustentam, ainda, que Alejandro demonstra estar cumprindo as medidas cautelares impostas pela Justiça Estadual e que não houve nenhum fato novo que justificasse o restabelecimento de prisão preventiva.

Segundo os desembargadores, os argumentos apresentados pelo Ministério Público do Amazonas não foram relevantes e não possuem elementos concretos.

“Observa-se que não foram trazidos elementos concretos que amparassem as alegações empreendidas, de forma a justificar a reforma do decisum impugnado e, via de consequência, determinar, novamente, a segregação cautelar do acusado”.

Veja a decisão

A informação com veracidade é a marca registrada do nosso site 📰

Mais notícias