conecte-se conosco
Cursos 24 Horas - Cursos 100% Online com Certificado
-

Assalto

Em vídeo registrado, mulher implora para não ser morta e vagabundo atira na cabeça dela

Publicado

em

Um elemento identificado como Tony Henrique Peres, 21 anos, foi morto na noite de segunda-feira (14) durante uma troca de tiros com policiais militares em uma região de mata, na BR-158, em Goiás.

Ele estava sendo procurado após matar duas mulheres em um motel de Caiapônia, no sudoeste goiano.

De acordo com a polícia, o investigado era procurado há cerca de dois dias – desde que as mulheres foram assassinadas – e, ao perceber a presença dos policiais se aproximando dele, atirou, tendo sido baleado em seguida. Ele havia saído da prisão apenas um dia antes do assassinato das duas mulheres no motel.

Consta no registro policial que o local em que trocaram tiros com o investigado era perto de uma mata, onde o homem entrou ao ver os PMs e começou a atirar.

Latrocínio em motel

A morte das duas mulheres no motel é investigada como latrocínio, que é o roubo com resultado morte. Um vídeo mostra que Tony pegou dinheiro e o celular das vítimas antes das execuções. Outra gravação mostra uma das vítimas implorando para não morrer. (Veja vídeo abaixo)

Um bilhete foi deixado pelo atirador no local do crime citando uma suposta “vingança” pela morte de familiares. Porém, a polícia crê que seu único intuito era roubar e acredita que a carta tinha o sentido de “despistar” a investigação. 

Ele adentrou naquele recinto para cometer um crime de roubo e acabou tirando a vida dessas mulheres. Não há nenhuma motivação diferente do que a intenção de roubar. Foram levados pertences, dinheiro e celular dessas vítimas”, explicou o delegado Ramón Queiroz, responsável pela investigação.

Veja o momento que o vagabundo atira em uma das vítimas a queima roupa.

Mais abaixo o vagabundo perfurado a tiros, após tentar pagar de doido com a polícia.

A informação com veracidade é a marca registrada do nosso site 📰

Mais notícias