conecte-se conosco
Cursos 24 Horas - Cursos 100% Online com Certificado
-

Política

Na calada da noite, Alberto Neto anuncia Orsine Junior como seu vice na disputa pela prefeitura de Manaus

Publicado

em

Manaus – O líder do PMN tentou ser vice de Amazonino Mendes, mas definiu sua posição para as eleições no fim da noite de ontem em outro arco de aliança.

O empresário e ex-presidente da Amazonastur Orsine Júnior (PMN, à direita) será o vice da chapa a prefeito de Manaus encabeçada pelo deputado federal Capitão Alberto Neto (PRB).

Nas pesquisas, o oficial da PM-AM aparece em terceiro lugar. O anúncio foi feito pelo parlamentar nmadrugada de hoje(15).

Ontem de manhã, o nome de Orsine já figurava como opção de Alberto Neto, mas havia resistência na chapa.

Orsine começou sua movimentação política para as eleições deste ano ao lado de Amazonino Mendes (Podemos), de que pleiteava também o posto de vice.

Mas a relação deles se deteriorou ainda no primeiro semestre, apesar das negativas Orsine.

QUEM É ORSINE JUNIOR

O atual presidente estadual do PMN ( Partido de Mobilização Nacional), se lançou como vice-prefeito, se tornando oficialmente adversário politico de Amazonino Mendes. No entanto, protagonizou uma série de comentários ao afirmar que nunca cortou relações com Amazonino Mendes.

Outro fato que não deve ser excluído é que Orsine tem uma vida repleta de polêmicas.
Uma delas envolve a falta de pagamento de aluguel da empresa H. Y. Mouas Produções e Comércio – EPP, cujo nome de fantasia é Ekco Produções e Comércio, pertencente, legalmente, à mulher do empresário. A Justiça precisou ser acionada e Orsine recebeu uma ordem de despejo por atraso de aluguel durante oito meses. O processo foi julgado pelo juiz Rogério José da Costa Vieira, titular da 15ª Vara Cível e de Acidentes de Trabalho da Comarca de Manaus. Orsine é chamado de “caloteiro” no meio empresarial.

Outra polêmica que envolve Orsine, o pré-candidato a prefeitura de Manaus, é a de que o tio dele ganhou do governo, no período em que Amazonino Mendes era governador, R$ 2,8 milhões em aluguel de barcos. Amigos próximos do empresário também afirmam que a filha dele se beneficiou com um cargo em Brasília.

Orsine também foi o articulador da campanha do ex-governador José Melo em 2015, condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM). Ele foi acusado de divulgar pesquisa falsa em benefício de José Melo nas eleições de 2014. Ele se apropriou de uma pequisa oficial registrada pelo TRE e modificou os resultados em beneficio de Melo, e divulgou no Jornal da Ilha. No título dizia: Melo 37,7% – Braga 37,2%.

Em meio a tanta polêmica e crimes envolvendo Orsine Júnior, não ficam de fora casos de violência doméstica, abusos e homicídio.

O empresário já foi denunciado pela ex-namorada Bruna Paes Barreto por agressão física. Na época, ela foi agredida por Orsine Júnior em um restaurante. Pessoas próximas ao ex-casal confirmam que ela era constantemente humilhada e maltratada em seu local de trabalho, a Amazonastur, onde era chefe de gabinete dele. O Boletim de Ocorrência foi emitido em julho de 2016.

Finalizando o histórico de Orsine, em 1999, José Aglailton da Conceição, na época com 19 anos, foi atropelado e morto pelo empresário enquanto voltava para sua casa localizada no bairro Monte Sinai, Zona Norte da cidade. A vítima não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo enquanto estava sendo encaminhado ao hospital 28 de Agosto.

Outras duas vitimas também foram encaminhadas ao Hospital, Ricardo Nilo Mafra (19), Pedro Taumaturgo Gomes (19) ambos com ferimentos leves. Orsine segue impune pelos crime.

Mediante a conduta do escolhido de Alberto Neto a vice prefeitura de Manaus, podemos analisar um pouco seu vice Orsine Oliveira Júnior, que enriqueceu de maneira exorbitante no período em que exerceu cargos no Executivo, é possível fazer uma análise de como seria o seu mandato, caso fosse eleito junto com capitão Alberto Neto que atualmente exerce o cargo de Deputado Federal.

A informação com veracidade é a marca registrada do nosso site 📰

Mais notícias