conecte-se conosco
Cursos 24 Horas - Cursos 100% Online com Certificado
-

Polícia

Segundo a polícia, Venezuelano suspeito de matar a esposa a facadas é inocente

Publicado

em

📸 Pedro Alfonzo Mendoza

Manaus – A venezuelana morta a facadas durante a manhã do último domingo (01/11), no kitinete onde morava localizado na rua Juruti, bairro Alvorada 1 na zona Centro-Oeste da Cidade, não foi morta pelo marido de acordo com as investigações. Pedro Alfonzo Mendoza, 39 anos, foi detido para prestar depoimento e logo foi liberado.

Durante o depoimento na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o marido relatou que passou a noite de sábado (31/10), bebendo em um bar e logo que amanheceu ele foi para casa tomar banho.

No banheiro ele ouviu os gritos de sua esposa Franyerlis Pastora Escobar Almao, de 25 anos, correu para ver o que tinha acontecido e se deparou com ela caída no chão sem vida. Pedro ficou atordoado sem entender nada, pois sua esposa tinha acabado de chegar do trabalho.

Imagens de segurança proximas ao local onde o casal morava, registraram a chegada da vítima em um carro na esquina de casa, logo na sequência um homem aparece perseguindo a vítima até ela entrar no kitinete. Depois de 20m o suspeito sai correndo do local.

Conforme informações da Polícia, esse homem de nacionalidade brasileira, que aparece nas imagens é identificado apenas como “Helder”, e era acostumado a pedir dinheiro na vizinhança, a polícia agora procura por ele como sendo o principal suspeito de cometer o crime. Pedro após ser ouvido na DEHS foi liberado.

A informação com veracidade é a marca registrada do nosso site 📰

Mais notícias