conecte-se conosco
Cursos 24 Horas - Cursos 100% Online com Certificado
-

Denúncia

Idoso de 89 anos morre após tomar vacina contra covid-19 na zona Leste de Manaus

Publicado

em

Manaus – Na manhã deste sábado(30), um idoso que não teve a identidade revelada, 89 anos, foi a óbito, na rua Jarbas Passarinho, bairro Tancredo Nevez, zona Leste de Manaus.

Segundo informações do próprio filho identificado como Ademar, o idoso foi levado para ser vacinado no T4, em menos de 24 horas o idoso foi a óbito sem explicação aparente. O filho afirma veementemente que foi após tomar o imunizante “AstraZeneca”, na manhã de sexta-feira(29). “Meu pai não tinha Covid-19, não tinha problema algum de saúde, sorria, cantava e brincava, rapidamente morreu, essa vacina foi proibida de ser aplicada em idosos na Alemanha, estão matando a população, mataram meu pai.” afirmou.

Vacina

A principal agência de saúde pública da Alemanha, o Instituto Robert Koch (RKI), recomendou que a vacina produzida pela AstraZeneca não seja aplicada em maiores de 65 anos, por falta de dados suficientes sobre o efeito do produto nessa faixa etária.

No Brasil, ao recomendar a aprovação do uso emergencial de 2 milhões de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca, a área técnica da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) apontou que ainda há poucos dados sobre a eficácia do imunizante em idosos.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, chegou a Manaus na noite de sábado (23), acompanhando voo que transportou o primeiro lote de 132,5 mil doses da vacina AstraZeneca ao Amazonas.

A vacina chegou a ser proibida após a suspeita de privilégios na distribuição.

Na decisão, tomada na última terça-feira (26), a juíza Jaiza Maria Pinto Fraxe, da 1ª Vara Federal Cível do Amazonas, afirma que a distribuição em Manaus poderá ser retomada “desde que obedecidas as regras de prioridade já estabelecidas em todo o país, não podendo haver privilégios ou desvios de qualquer espécie, sujeitando os infratores à prisão em caso de flagrante delito, na forma da lei”.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e chegando ao local constatou-se o óbito. O Instituto Médico Legal (IML) esteve no local para remoção do corpo para exames de necropsia.

Fonte portal Linha de Frente

A informação com veracidade é a marca registrada do nosso site 📰

Mais notícias