conecte-se conosco
Cursos 24 Horas - Cursos 100% Online com Certificado
-

Política

Uma dupla que ficará marcada na história do Amazonas por escândalos e despreparo

Publicado

em

Manaus – Tudo que a população Amazonense esperava após o escândalo da corrupção no governo José Melo, era que os novos gestores, tanto do município como do estado, Wilson Lima e David Almeida, mudassem a história de roubos que ficaram marcadas no Amazonas, mas isso só mostrou que políticos só se preocupam com seus bolsos e a população que se dane. Uma triste realidade atual.

Governador Wilson Lima

O governador do Amazonas Wilson Lima sem preparo mediante aos problemas que assolam o estado, demonstrando que não tem controle algum em sua gestão falida e marcada por escândalos, investigações tramitando no judiciário federal por diversas irregularidades na sua gestão.

Quem não se lembra da “Operação Sangria”, deflagrada pela Polícia Federal (PF) no Amazonas, na manhã de segunda- feira (30/11)? Essa foi só uma das operações. O alto escalão do governo do Amazonas é investigado por crimes de organização criminosa, fraude a licitação, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro. O chefe da Casa Militar, coronel Fabiano Machado Bó, foi um dos alvos dos mandados de busca e apreensão na época.

Sem citar aqui outros crimes que o governador Wilson Lima é investigado para o texto não ficar extenso, caso contrário, daria para montar um livro, não pelo bom trabalho e sim pela péssima gestão de um governador despreparado e acusado por diversos crimes.

Prefeito David Almeida

Não diferente do governador, o atual prefeito de Manaus David Almeida vem se superando a cada dia, em menos de um mês a frente da prefeitura, já vem acumulando vários escândalos na atual gestão, mas antes de assumir o cargo de prefeito, David Almeida assumiu interinamente o governo do Estado do Amazonas, onde teve sua gestão marcada por superfaturamentos entre outros escândalos.

Quem não se lembra do irmão do David Almeida, Daniel Almeida, gravado xingando e pressionando a doutora em administração pública e diretora do IGAM, Maria, após ela denunciar que os valores divulgados pela Susam de cirurgias apontavam flagrante superfaturamento?

Quem não lembra da nomeação do sobrinho de Davi Almeida para Câmara Municipal de Manaus?

Uma das últimas, o Ministério Público Estadual do Amazonas pediu na segunda-feira (25/01) a prisão de David Almeida, e da secretária municipal de Saúde, Shadia Fraxe, na ação que denuncia irregularidades na aplicação da vacina e no favorecimento de pessoas que teriam furado a fila do grupo prioritário da vacinação contra a Covid-19.

A divulgação do pedido de prisão formulado pelo Ministério Público do Amazonas contra o prefeito de Manaus pelos episódios de desrespeito à fila de vacinação contra a covid-19 acendeu o alerta de que a investigação, sigilosa, possa ter sido intencionalmente vazada.

Como visto acima, ambos são envolvidos em escândalos envolvendo o erário público, esse mal sempre houve na política e pelo visto, não vai acabar nunca, a ambição e o ego enraizados na política Brasileira e no Amazonas não poderia ser diferente.

A informação com veracidade é a marca registrada do nosso site 📰

Mais notícias