conecte-se conosco
Cursos 24 Horas - Cursos 100% Online com Certificado
-

Polícia

Após críticas da população, SSP decide fazer média e coloca alguns policiais nas ruas

Publicado

em

Manaus – Durante 12 horas de terror, onde criminosos da facção criminosa Comando Vermelho (CV) promoveram uma onda de ataques na cidade de Manaus, onde queimaram vários veículos do transporte público coletivo, inclusive uma ambulância, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) decidiu colocar alguns policiais nas ruas, no intuito de tentar passar uma sensação de segurança para população. O secretário de segurança Louismar Bonates, assim como o governador do Amazonas Wilson Lima, simplesmente ficaram em suas residências durante os ataques e somente após duras críticas, ‘resolveram fazer algo’.

Criminosos tocaram o terror durante horas, após a morte de dois membros em confrontos com a ROCAM, no sábado (5), sendo um identificado como Max, na Redenção, zona Oeste. Outro elemento identificado como “Dadinho” no Novo Aleixo, zona Norte da capital. Ao todo foram 7 veículos incendiados em toda a cidade.

Após os atos de vandalismo ocorrido nas primeiras horas deste domingo (6), o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo (Sinetram) informou que toda frota de ônibus de Manaus está recolhida até que a Secretaria de Segurança Pública (SSP) tome as devidas providências diante da violência instalada na cidade. 

Vários recados estão sendo espalhados pela cidade, um deles avisa.

Devido a morte do mano Dadinho, vai haver uma grande matança hoje (6), para todos respeitarem o crime. Vai sai alguns carros em toda Manaus, quem gor pego na rua e bares vai ser executado. O recado está dado….
A Rocam matou dois conselheiros nosso do CV, O CV tá de luto.

O fato é que a população está trancada e a falta de segurança pública faz com que criminosos aterrorizem a população.

A informação com veracidade é a marca registrada do nosso site 📰

Mais notícias