conecte-se conosco

Política

Saiba quais vereadores que se opuseram a PL das sacolas plásticas

Publicado

em

Manaus – Comecou a valer neste fim de semana em Manaus a Lei 485/2021, a popular “Lei da sacola”. De autoria da vereadora Gloria Carrate (PL), ela obriga todo manauara a pagar pela sacola plastica nos comércios, ou, entao, dar um jeito de levar o produto para casa. Na mao, na cabeça, numa caixa, ou sabe se lá como.

O cliente que ja não tem dinheiro nem para comida, agora vai encher um pouco mais o bolso dos donos dos grandes supermercados, que, espertos, ja disponibilizam novas bolsas, em média a R$ 6 cada, para quem não quiser pagar entre 15 e 60 centavos por sacola. Que projeto “genial’.

A desculpa da lei é diminuir o plastico na natureza. Se fosse mesmo pra diminuir, as sacolas teriam de ser banidas, e as susbstituas também teriam que ser biodegradaveis. O que justifica enfiar no consumidor mais um gasto, em vez de obrigar os empresarios a agirem defesa do meio ambiente?

Alguns estabelecimentos estão distribuindo caixas de papelão para os consumidores levarem suas compras. Outros aproveitam para vender ecobags, as sacolas reutilizáveis.

O projeto de lei foi aprovado na Câmara Municipal de Manaus com voto favorável de todos os parlamentares. Os únicos vereadores que se opuseram foram Rodrigo Guedes e Willian Alemão.

A informação com veracidade é a marca registrada do nosso site 📰

Mais notícias