conecte-se conosco

Polícia

Caso Vitória – Pistoleiro que matou sargento é identificado pela polícia

Publicado

em

Manaus – O pistoleiro que assassinou o sargento do Exército Lucas Guimarães, em setembro deste ano, já foi identificado pela Polícia Civil do Amazonas. A Justiça expediu nesta semana mandado de prisão contra o atirador, mas não foi cumprido porque o suspeito fugiu.

O local de onde aconteceria a ação e a identidade do suspeito inda não foram revelados. O processo corre em segredo de Justiça.

O empresário Joabson Agostinho Gomes, está isolado no Centro de Detenção Provisória de Manaus (CDPM II), por medida de segurança, em virtude da Covid-19. Além disso, o empresário ficou 14 dias de quarentena como os demais presos e em seguida foi alocado no pavilhão dos internos que não se declaram faccionados.

O Diretor da Central de Recebimento e Triagem da SEAP, Robert Washigton, enviou um documento a justiça do Amazonas retificando o conteúdo do memorando onde dizia que, “Para que fique isolado por medida de segurança, em virtude do Covido-19, respeitando o que determina Prerrogativa dos Advogados prevista na Lei 8.906/94, leia-se “em virtude de Mandado de prisão Temporária nos autos acima informado”.

Em nota, a PC-AM disse que as informações sobre o caso seguem em investigação, sendo assim, mais detalhes não podem ser repassadas no momento, para não atrapalhar os trabalhos policiais. Outras informações devem ser obtidas Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM), para obter as respostas solicitadas.

Entenda o caso abaixo

A informação com veracidade é a marca registrada do nosso site 📰

Mais notícias